Pasárgada Kebab Grill & Bar: uma visita à culinária e cultura árabe

A gente sabe que Salvador adora uma novidade, e a nova “febre” da cidade são as kebaberias. Conhecemos uma que tem levado muita gente ao Rio Vermelho: a Pasárgada Kebab Grill & Bar!

O ambiente mais legal da casa: o tapete

Inaugurado em julho, o restaurante especializado em comida persa é fruto da união de um iraniano com uma baiana, e nada melhor que provar uma culinária regional autêntica, não é mesmo? A kebaberia tem diferentes espaços: mesas na área externa do térreo, balcão, piso superior com mesas na varanda e no bar, além da parte mais legal, que é o tapete, onde para usufruir é preciso tirar os sapatos e sentar no chão, repleto de almofadas e uma decoração de encher os olhos.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Um dos ambientes do local é o bar

O ambiente é climatizado, possui trilha sonora regional, e tabacaria, onde além de poder alugar narguilés, você pode adquirir produtos para fumo. Adorei a experiência! Mas vamos ao que interessa: a comida! Fugi do kebab (prato principal da casa) e me arrisquei por outros da cozinha persa. Escolhi o Mix Pasárgada (R$ 20,90) como entrada: homus (pasta vegana de grão de bico), mirza ghasemi (pasta vegetariana de berinjela defumada, com ou sem ovo), e mastro khiar (iogurte natural com pepino e hortelã), acompanhados de pão folha. Amo homus e achei o de lá muito bom, mas o que surpreendeu mesmo foi a mirza ghasemi, que não conhecia e achei delicioso!

Mix Pasárgada com homus, mirza ghasemi, e mastro khiar

Na hora de escolher o prato principal ficamos na dúvida entre três, mas optamos por um dos mais pedidos, o Gheime (R$ 49,90), que consiste em filé em cubos, grão de bico, berinjela, tomate e açafrão persa, acompanhado de arroz e batata-palha artesanal. Achamos que a porção seria maior, e arriscaria dizer que é um prato individual, mas se você estiver disposto a provar diversos itens do cardápio, dá pra dividir com outra pessoa.

Gheime: filé em cubos, grão de bico, berinjela, tomate e açafrão persa, acompanhado de arroz e batata-palha artesanal

Confesso que estranhei o sabor logo de cara, quando provei sem o arroz, mas ao misturar os dois, alguma alquimia muito louca aconteceu e o negócio se tornou bem gostoso! A batata-palha estava divina e ela deveria vir em maior quantidade. Também pedimos o Hafez (R$ 20,90): carne de kebab com fritas e molhos da casa, um petisco ideal pra quem está começando a se aventurar por este tipo de culinária, pois dá pra sentir os temperos da proteína, mas de forma mais tênue que um shawarma, por exemplo.

Hafez: carne de kebab com fritas e molhos da casa

A sobremesa fugiu um pouco da tradição e pedimos uma das tortas disponíveis no dia, a de frutas vermelhas. Ela dividiu opiniões, pois eu a achei razoável e com muita massa. Já minha companhia a adorou. Só depois vimos que existiam outras opções de doces, no balcão do lugar. O cardápio do @vouprapasargada me despertou um lado geminiano que nem eu conhecia, pois ô indecisão pra escolher entre tanta coisa apetitosa! O que achamos mais legal foram os preços acessíveis e as diversas opções veganas e vegetarianas.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Torta do dia: de morango, com um “q” de cheesecake

Pasárgada fica na Praça Brigadeiro Faria Rocha (perto da Companhia da Pizza) e funciona de terça a domingo, com alguns horários especiais pra quem volta da balada na madruga boladona procurando um lugar para comer. Confira detalhes no Instagram deles!

O local é superfácil de encontrar

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *